Povoado Los Dominicos

O Los Dominicos representa um típico povoado chileno com ruas de terras e construções feitas de adobe, uma mistura de barro e palha. É o maior centro de artesanato do Chile, onde artesãos e artistas trabalham ali mesmo em seus ateliês, transformando a sua matéria-prima em objetos de decoração, bijuteria fina, esculturas, quadros e uma infinidade de outros finos regalos. Localizado na comuna de Las Condes, o entorno do pueblito Los Dominicos é a Cordilheira dos Andes, e entre as suas ruazinhas estreitas tem também restaurantes de comida típica, venda de antiguidades, de plantas e de aves e um precioso jardim botânico.

Um pouco da história

Assim como tantas outras terras no Chile, o local onde foi construído o povoado Los Dominicos também pertenceu ao colonizador Pedro de Valdivia. No correr dos séculos o terreno passou por vários donos, por compra ou por herança, até chegar nas mãos de Maria Antonia e Juan Cranisbro em 1767, um casal de irlandeses e importantes benfeitores da Ordem dos Padres Dominicos. O casal decorou a casa com móveis de madeiras nobres, quadros, luminárias de prata, tapetes e elegantes cortinas. Maria Antonia e Juan construíram uma pequena capela chamada San Vicente Ferrer, em memória aos seus dois únicos filhos. A casa também contava com uma das melhores bibliotecas do país.

Maria Antonia morreu no final do século XVIII e Juan em 1803. Eles deixaram um testamento em que doaram aos Padres Dominicos a casa com a capela e todos os móveis e objetos que faziam parte da decoração, além de uma renda para que o lugar pudesse ser mantido. A condição era a de fundar uma casa de exercícios e ensinamentos para os campesinos da região de Apoquindo.

A casa e a igreja estão cheias de recordações do período colonial do Chile, onde personagens importantes da época se refugiaram. Já no século XX, Gonzalo Beltrán Repetto desenhou e fundou o pueblito Los Dominicos. As antigas e históricas construções foram mantidas e aproveitadas para construir em 27 mil metros quadrados um conjunto de arquitetura simples e de características tradicionais. O projeto ganhou força em 1983, quando a capela de San Vicente Ferrer foi declarada Monumento Nacional, e o seu entorno considerado zona típica e patrimonial. Fonte: culturallascondes.cl

Saiba que

A entrada no povoado é gratuita. Funciona de terça a domingo e fecha nos feriados, que são considerados irrenunciáveis aqui no Chile. No Los Dominicos você vai encontrar uma boa amostra do artesanato fino chileno, com peças em madeira, vime, barro, cerâmica, lã, prata, cobre e pedras semipreciosas.

Te recomendo

Mesmo que você não faça compras, caminhe pelas ruas estreitas do povoado e conheça a cultura e a arte do povo chileno… É um gostoso passeio. E te recomendo também parar para tomar um café e comer um pie de limón, uma maravilhosa torta de limão e uma das melhores sobremesas chilenas!


Quer fazer um passeio pelo pueblito?

Escolha o melhor dia para você e agende com antecedência o City Tour Santiago, que eu te apresento o povoado e as suas riquezas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.