Chile no Inverno – Roteiro de 5 dias


Este roteiro é para você que vem ao Chile e quer brincar na neve ou viver a incrível experiência de esquiar nas montanhas branquinhas da Cordilheira dos Andes! Mas você também quer conhecer a charmosa e atrativa cidade de Santiago, o azul intenso do oceano Pacífico e, claro, as delícias das vinhas! Então, em um roteiro de cinco dias de passeios, apresento o que considero imperdível para a sua viagem de estreia no Chile. E se não é a sua primeira vez, saiba que a Região Central tem muitas outras belezas além das mais famosas. Ou seja, você poder vir uma e outra vez que sempre terá lugares novos e incríveis para conhecer!

Santiago é um vale cercado por montanhas e cortado por um rio que nasce na Cordilheira dos Andes. Uma cidade linda e moderna, com ruas amplas e arborizadas, parques, mirantes, bons restaurantes, shoppings e vinhas. Mas também é uma cidade onde a história, a cultura e a tradição tentam não sucumbir ao desenvolvimento urbano. No litoral do Oceano Pacífico tem Valparaíso, Viña del Mar e Isla Negra, praias onde o azul do mar se junta com o azul do céu, e o sol se põe num horizonte que parece ser possível alcançar de barquinho. Cajón del Maipo, Valle Nevado e Farellones são oásis escondidos entre as montanhas da Cordilheira dos Andes, e percorrer as suas curvas e os seus penhascos é uma vivência indescritível, com neve ou sem neve, de dia ou à noite. E tem os vales de Maipo, Casablanca e Colchagua: regiões com clima e solo extremamente favoráveis para o cultivo de uvas e produção de vinhos – os vinhos que amamos! Caminhar entre as plantações e provar das riquezas que cada vinha oferece, no cacho ou na taça, é uma experiência deliciosa.

A minha sugestão de passeios é para cinco dias, mas você pode escolher conhecer somente os lugares que desejar. Os roteiros são flexíveis: você pode trocar um passeio deste roteiro por outro, de outro roteiro. E lembrando que os passeios são com transporte exclusivo e acompanhados na maioria das vezes por mim mesma. Os passeios não têm datas fixas, são realizados no período da sua viagem, você só precisa reservar as datas com antecedência para que eu possa te atender.


Dia 1. City Tour Centro + Concha y Toro

Te apresento o centro histórico de Santiago em um passeio por suas ruas movimentadas, suas praças bem cuidadas, seus monumentos e seus belos jardins. De forma breve, conto a sua história desde a sua fundação, em 1541. Por alguns lugares apenas passamos e, por outros, fazemos paradas para que você possa conhecer mais de perto o cotidiano de quem mora na principal cidade do Chile.

Logo de manhã, o passeio começa no parque e mirante do centro da cidade: o Cerro Santa Lucía. Daí seguimos até o Palácio La Moneda, passando pela Biblioteca Nacional e pelo Centro Cultural Gabriela Mistral (GAM). Depois do Palácio e um pouco da sua história, fazemos um passeio a pé pelo Paseo Bandera, pela Plaza de Armas e pelo Mercado Central. Seguimos de carro [ou de van] pelo Parque Forestal, passando pelo Museu de Belas Artes, e finalizamos o City Tour Centro no charmoso e gastronômico bairro Lastarria.

Depois do almoço seguimos para a Concha y Toro. O tour Marques de Casa Concha é dividido em duas etapas: a primeira contempla um passeio acompanhado por um guia da vinha entre as plantações, pelo casarão da família e pelo belíssimo jardim em estilo europeu. Contempla também a degustação de três vinhos de linhas variadas e a visita ao Casillero del Diablo. A segunda etapa do tour contempla a degustação de mais quatro vinhos da linha Marques acompanhados de queijos, realizada por um sommelier. Depois da degustação um guia da vinha acompanha os visitantes até a wine loja.

De brinde: uma taça com a marca da vinha e uma tábua de madeira.

SAIBA QUE

Que nesse dia eu posso te acompanhar para fazer a troca de dinheiro em uma das casas de câmbio da rua Agustinas, onde se costuma ter os melhores câmbios. E também em uma loja Claro, para habilitar um pacote de internet no seu celular.

TE RECOMENDO

Use roupa confortável e tênis para o City Tour, um trecho do passeio é feito caminhando. Mesmo sendo inverno, tenha sempre na bolsa protetor solar e uma garrafa de água.


Dia 2. Farellones

Dia de diversão na Cordilheira nevada! A primeira parada antes de começar a subida das montanhas é para alugar as roupas e botas de neve. Daí seguimos direto para Farellones. A ideia é chegar o quanto antes no parque, mas se for necessário fazer alguma parada [por mal-estar, dor de cabeça, vertigem] no caminho, fica tranquil@ que paramos onde for possível e seguro.

No parque você tem a opção de apenas brincar nas atrações ou de aprender a esquiar. Para brincar tem esquibunda, bike na neve, tirolesa e teleférico. Para os pequenos tem as áreas de brinquedos infantis, onde eles podem se divertir com segurança enquanto você acompanha de perto. Para aprender a esquiar tem os instrutores profissionais, as aulas podem ser individuais ou em grupos [o que é mais econômico] e são divididas por faixa de idade. Para comer tem os restaurantes e os food trucks, com mesas e cadeiras espalhadas pelo parque. Se quiser economizar, pode trazer o seu lanche e usar as mesas.

SAIBA QUE

As roupas e botas de neve são totalmente necessárias no inverno, mesmo que você não vá esquiar. Elas são importantes para proteger o corpo das temperaturas negativas que costumam fazer nesse período do ano no alto das montanhas, e também de possíveis nevascas. Bem protegido e abrigado você vai estar livre para se jogar e brincar na neve feito criança! Saiba também que o ticket para esquiar não inclui a roupa, somente a aula e o equipamento.

As datas de abertura e encerramento da temporada de esqui e snowboard não são fixas e podem variar de ano para ano, pois dependem da quantidade de neve acumulada nas montanhas. Acompanhe as redes sociais @feriasnochile para saber as datas e outras novidades da temporada de inverno.

TE RECOMENDO

Para ganhar tempo, compre com antecedência o ticket de entrada no parque e, se você for esquiar, já compre também o ticket da atividade. As outras atrações do parque [esquibunda, bike na neve, tirolesa, teleférico e os brinquedos infantis] já estão incluídas no ticket de entrada. Não se esqueça do protetor solar e uma garrafa de água. Não deixe de tomar o café da manhã, e se você sofre com labirintite, te recomendo usar a sua medicação habitual ainda no hotel.


Dia 3. Valle Nevado com piquenique

É dia de conhecer o famoso resort de Valle Nevado e fazer um piquenique com vinho nas montanhas da Cordilheira dos Andes! Assim como o passeio para Farellones, também fazemos uma parada para o aluguel de roupas e botas de neve antes de começarmos a subir as montanhas. Já na Cordilheira, fazemos uma breve parada no mirante Tres Valles, a 1.800 msnm, tempo para fotos e para contemplar a paisagem lindíssima.

No resort tem o passeio de gôndola, que oferece uma vista panorâmica das montanhas nevadas. Se você preferir, pode apenas fazer um passeio pelas áreas habilitadas para “visitantes de um dia” e tomar uma taça de vinho [cerveja, chocolate quente ou o que você preferir, eu prefiro vinho, rs] em um dos restaurantes do resort.

Na descida, escolhemos um lugar favorável para o nosso piquenique, um momento delicioso do passeio. E para quem ainda não sabe, eu sou uma enamorada dos vinhos chilenos e estudante de sommeleria, então aproveito o piquenique para te apresentar uma seleção especial de vinhos, além de outras delícias da mesa chilena.

SAIBA QUE

No período em que as pistas de esqui estão abertas aos esquiadores, por uma questão de segurança o acesso aos turistas fica bem restrito, quase não tem por onde andar e brincar na neve. Saiba também que as datas de abertura e encerramento da temporada de esqui e snowboard não são fixas e podem variar de ano para ano, pois dependem da quantidade de neve acumulada nas montanhas. Acompanhe as redes sociais @feriasnochile para saber as datas e outras novidades da temporada de inverno.

TE RECOMENDO

Assim como para Farellones, leve na bolsa protetor solar e uma garrafa de água. Também não deixe de tomar o café da manhã, e se você sofre com labirintite, te recomendo usar a sua medicação habitual ainda no hotel.


Dia 4. City Tour Santiago

Começamos o City Tour Santiago pelo Cerro San Cristóbal, o pulmão verde de Santiago. Já no parque, subimos de teleférico até o mirante onde você vai ter uma vista linda da cidade, e se quiser subir um pouco mais, até o Santuário, a vista é ainda mais bonita. No alto do cerro você vai ter tempo para contemplar, tirar fotos e provar uma empanada acompanhada de um mote con huesillo [que vale por um almoço]. Na volta, descemos de bondinho.

Continuamos com um passeio panorâmico pelas ruas do bairro de Bellavista e dali seguimos para o Povoado Los Dominicos. No povoado você vai ter tempo para fazer comprinhas e, se quiser, almoçar uma boa comida típica chilena. Dali vamos para o Bicentenario, um dos parques mais bonitos de Santiago e que vale um passeio tranquilo entre as suas veredas. Vale também alimentar as garças e os pelicanos que desfilam em um dos lagos, esperando por atenção e comida dos visitantes.

SAIBA QUE

Na volta do parque, se você quiser ver a cidade por outro ângulo e subir no mirante Sky Costanera, podemos te deixar no shopping Costanera Center com tempo livre, e você volta de Cabify para o hotel. Se você quiser ficar para jantar no restaurante Mestizo, que está dentro do parque Bicentenario, também podemos te deixar ali com tempo livre e você volta de Cabify.

TE RECOMENDO

Use roupa confortável e tênis para o City Tour, é dia de escadas no San Cristóbal e grama [às vezes úmida] no parque. Mesmo sendo inverno, leve sempre na bolsa protetor solar e uma garrafa de água.


Dia 5. Emiliana + Viña del Mar e Valparaíso

Para terminar, hoje é dia de taças e mar. A caminho do litoral a nossa primeira parada é na vinha Emiliana. O tour Orgânico é focado na agricultura e, durante um passeio pelas plantações, você vai saber por que certos animais, insetos, flores, plantas e árvores estão ali. Também vai entender qual a influência da lua no processo de plantio e colheita e o quanto a família Emiliana se preocupa e cuida dos seus trabalhadores. Mas a parte mais esperada é sempre a degustação e nela você vai poder provar o Coyam, um blend que já recebeu vários prêmios e que a cada colheita tem uma mescla única! Tá à venda na loja da vinha, que oferece a linha completa dos seus vinhos, além de mel e azeite que também são produzidos de forma orgânica.

Continuamos pela rota 66 em direção ao Oceano Pacífico. Já no litoral a primeira parada é na entrada da cidade de Viña del Mar, onde o Relógio de Flores nos dá as boas-vindas. Dali seguimos para o Museo Fonck, onde uma estátua original de um Moai da Ilha de Páscoa está em exposição. Continuamos com um passeio panorâmico pela bela orla de Viña, paramos em um pier que entra 260 metros para dentro do oceano, e ali [se você quiser] vai poder molhar os pés nas águas geladas do Pacífico.

Seguimos para Valparaíso e fazemos uma parada para almoçar em um dos restaurantes com vista para o mar e para os seus morros coloridos e caóticos. Do restaurante vamos até a La Sebastiana, uma das três casas do poeta Pablo Neruda, e dali seguimos até o Cerro Concepción, onde fazemos um passeio a pé entre suas ruazinhas, suas casas coloridas e seus murais. Descemos para a parte plana de Valparaíso de bondinho e fazemos um passeio panorâmico pelas ruas históricas da cidade, chegando até o Porto. Voltamos beirando o mar, e dependendo do período do ano dá para contemplar o belíssimo pôr do sol.

SAIBA QUE

Esse é um dia de muitas paradas, entre a vinha e as duas cidades do litoral, então, se você quer fazer um passeio para conhecer mais dos murais de Valparaiso, por exemplo, o melhor é fazer um dia só de litoral, sem a parada para o tour na Emiliana. Se você quer conhecer outras vinhas além da Emiliana, aí o melhor é fazer um dia todo de vale de Casablanca.

TE RECOMENDO

Aproveite o dia para comprar vinhos. Na loja da Emiliana [e em todas as outras vinhas que você visitar] os preços costumam ser mais em conta que nas lojas especializadas. A conservação das garrafas é a ideal, com pouca exposição de luz e calor. Por isso guarde espaço na sua mala para voltar carregado de joias chilenas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.