As quatro estações


Inverno no Chile: 20 de junho a 21 de setembro


As quatro estações é um pequeno guia para te ajudar a escolher o melhor período para a sua viagem. A ideia é que você mesmo responda a pergunta: que mês é bom para viajar para o Chile? Penso que cada um busca algo pessoal e único em uma viagem e é muito importante levar em consideração os seus gostos pessoais e aquilo que você quer para as suas férias. Elaborei então esse pequeno guia, e espero que ele te ajude a fazer a sua escolha, para que sua viagem seja realmente inesquecível em qualquer estação do ano!

A seguir algumas informações de temperatura, o que trazer na mala, o lado bom de cada passeio no inverno, eventos importantes e como não deixar a chuva estragar sua viagem e desfrutar tudo o que Santiago e as regiões próximas tem de bom mesmo em dias molhados. Lembrando que no geral, chove pouco no Chile!

aeroporto-santiago


JUNHO


Mês com alguns dias de chuva e temperaturas entre 3 e 15 graus. As manhãs e noites são sempre muito geladas, durante o dia pode até eventualmente esquentar um pouco e ser um dia bem agradável com um solzinho bom de inverno.

O que trazer na mala: guarda chuva, bota e tênis impermeável, casaco grosso e de chuva, cachecol, luva, gorro

O que não é indicado: esportes como trekking, rafiting, escaladas

Comidinhas para os dias frios: charquican, cazuela, pastel de choclo, sopaipilla

Belezas da cidade: se o inverno começar com tudo, esse será um mês que você já poderá desfrutar da cidade de Santiago emoldurada pela beleza da cordilheira branca de neve e quase que de qualquer ponto da cidade você terá essa paisagem linda de viver! Um dos lugares mais “comuns” para os santiaguinos e que eu acho um ponto incrível para apreciar a cidade com a cordilheira de fundo, é a passarela que leva até o shopping Costanera Center. Em meio ao movimento dos turistas e moradores, experimente parar ali por alguns minutos, se desconecte de todos e se deixe levar apenas pela beleza dessa cidade única e sua paisagem que é um presente da natureza para todos nós!

santiago-no-inverno-2


JULHO


Mês com alguns dias de chuva e temperaturas entre -3 e 15 graus. As manhãs e noites são sempre muito geladas, durante o dia pode até eventualmente esquentar um pouco e ser um dia bem agradável com um solzinho bom de inverno.

O que trazer na mala: guarda chuva, bota e tênis impermeável, casaco grosso e de chuva, cachecol, luva, gorro.

O que não é indicado: esportes como trekking, rafiting, escaladas

Comidinhas para os dias frios: charquican, cazuela, pastel de choclo, sopaipilla

Belezas da cidade: com certeza a cidade de Santiago já estará emoldurada pela cordilheira branquinha de neve, um presente da natureza! De quase todos os pontos da cidade você terá essa paisagem linda diante dos seus olhos, então aproveite ao máximo, mesmo em momentos rotineiros como sair do estacionamento do shopping, ou andar de metrô. Pare, respire e admire essa beleza que provavelmente você não tem no seu dia a dia em São Paulo ou em outras grandes cidades do Brasil.

metro


AGOSTO


Mês com alguns dias de chuva e temperaturas entre -3 e 16 graus. As manhãs e noites são sempre muito geladas, durante o dia pode até eventualmente esquentar um pouco e ser um dia bem agradável com um solzinho bom de inverno.

O que trazer na mala: guarda chuva, bota e tênis impermeável, casaco grosso e de chuva, cachecol, luva, gorro.

O que não é indicado: esportes como trekking, rafiting, escaladas

Comidinhas para os dias frios: charquican, cazuela, pastel de choclo, sopaipilla

Belezas da cidade: a cidade de Santiago segue linda e emoldurada pela neve. A chuva pode até atrapalhar alguns dos seus planos e roteiros, mas o dia seguinte a chuva, a cidade fica com o ar mais limpo, e a cordilheira ainda mais bonita e imponente. Aproveite esse dia pós chuva e suba no mirador Sky Costanera, com certeza será umas das paisagens mais lindas que os seus olhos irão ver!

sky-costanera


SETEMBRO


Mês com alguns dias de chuva e temperaturas entre 3 e 20 graus. As manhãs e noites ainda são frias. Mas durante o dia a temperatura sobe e pode ser um dia bem agradável com um solzinho bom de inverno.

O que trazer na mala: guarda chuva, bota e tênis impermeável, casaco grosso e de chuva, cachecol, luva, gorro.

O que não é indicado: esportes como trekking, rafiting, escaladas

Comidinhas para os dias frios: charquican, cazuela, pastel de choclo, sopaipilla

Belezas da cidade: em setembro já estamos no fim do inverno, com dias mais agradáveis e o sol nos dando bom dia mais vezes seguidas. E esse sol de fim de inverno e começo de primavera é uma sensação boa demais, então aproveite o seu dia livre na cidade e vá conhecer o Povoado Los Dominicos ou para um dos inúmeros parques que Santiago nos presenteia!

parque-forestal


Passeio não indicado


Embalse el Yeso: a estrada que leva até a represa, até certo ponto das montanhas de Cajón del Maipo, é a mesma que leva até Baños Morales e Baños Colina, mas depois da cidade de San Gabriel a direção é outra. E quando se chega em Embalse a estrada vai ficando cada vez mais estreita, sem acostamento e beirando a represa sem proteções. Além de que nos dias de semana tem a circulação dos caminhões das minas, o que dificulta ainda mais o trajeto. No inverno a estrada fica molhada e escorregadia pelos dias de chuva, e quando neva, fica extremamente perigosa, vira um corredor de patinação. Por isso não realizamos e nem recomendamos esse passeio no inverno.

embalse-el-yeso-4


Passeios indicados


Valparaíso e Viña del Mar: Valparaíso tem a sua beleza caótica única, em sua geografia, em sua cultura, seu povo e sua história. Percorrer as ruas de Valpo para conhecer seus cafés, ateliês, seus murais e seus mirantes com vista para o Pacífico e para o porto é uma experiência que vale em qualquer estação. Se agasalhe bem e aproveite para caminhar com mais tempo por cada pedacinho do Cerro Concepción e Alegre, vá descobrindo aos poucos suas escadas e sua gente. Almoçar no restaurante/hotel Fauna, com uma vista privilegiada dos morros de Valparaíso é uma ótima opção no inverno. Viña del Mar tá do ladinho, com uma geografia e arquitetura totalmente diferente de Valpo e que também vale conferir. Conhecer o museu de arqueologia Folck e o Cassino são boas opções em dias frios, e se não almoçou em Valparaíso, almoçar em um dos inúmeros castelos de Viña, com vista para o mar, é outra boa opção!

funicular-valparaiso-1


Isla Negra e Algarrobo: Claro que um dia de sol e céu azul é tudo o que queremos quando vamos para o litoral, mas a praia do poeta Pablo Neruda é linda em qualquer mês do ano. Sua mistura de litoral com campo faz desse pequeno paraíso um lugar único na região central do Chile. Em dias frios, aproveite para fazer um tour mais demorado na casa do poeta, uma das mais bonitas e onde o corpo dele e do grande amor da sua vida, a Matilde, estão enterrados. Junto da casa do poeta tem um restaurante na beira do mar, com uma vista maravilhosa, escolha um bom vinho tinto e se aqueça em uma das mantas que ficam a disposição dos clientes, aí é só desfrutar o momento! Em frente a casa tem uma lojinha de artesanato, onde você pode aproveitar e fazer comprinhas de lembrancinhas. E caminhando pelas ruas que emolduram a casa, com certeza você vai cruzar com algum artista de rua, cantando ou criando, mesmo em dias gelados. Já em Algarrobo, a parada para conhecer a maior piscina do mundo, fica ainda mais surreal, porque o condomínio e a praia ficam totalmente desertos e você se sente em um lugar a parte, da agitação de Santiago.

isla-negra-2


Cajón del Maipo: Percorrer por entre as montanhas de Cajón del Maipo é uma experiência incrível para ser vivida em qualquer dia do ano. Para os amantes da natureza, das paisagens únicas, do silêncio, da paz e energia que emana da cordilheira, não importa se está sol ou frio. No inverno, existem vários pontos das montanhas que você poderá brincar na neve. Em Baños Morales tem o pessoa que aluga os trineos, pequenas pranchas para adultos e crianças escorregarem nas montanhas cobertas de neve. Fazer um piquenique acompanhado de um bom vinho por entre as montanhas nevadas também é uma delicia de opção.

Mas como você já deve ter lido em outras matérias, Cajón del Maipo, além da sua beleza e suas termas, tem também as minas de gesso e outros minerais, e com a constante retirada desses minerais, a terra e as pedras em determinados pontos ficam soltas, e com a chuva deslizam com força para a estrada, e por segurança são fechadas. Por isso, esse é um passeio que depende das condições climáticas. Se for uma semana sem chuva, provavelmente conseguiremos chegar até Baños Colina, ou até algum outro ponto que esteja liberado. Mas eu aconselho você a pensar em uma outra opção para esse dia: um Tour por Santiago por exemplo.

cajon-del-maipo-inverno


Valle Nevado: Acho que sobre esse passeio eu nem preciso falar muita coisa né? Afinal ele é o destino mais procurado pelos brasileiros no inverno! Os centros de esqui de Valle Nevado e Farellones chegam a parecer um pedaço do nosso Brasil, rs. E se prepare para viver uma experiência maravilhosa em sua vida, já desde a subida pelo caminho coberto de neve, até a aventura de esquiar ou “voar” de tirolesa pelas montanhas. Se não quer se aventurar, então tire um longo tempo para almoçar em uma das boas opções com vista para a cordilheira! E se você está com crianças, busque um dos espaços livres para que elas brinquem e descubram como é bom viver essa experiência que parece até coisa de filme!

A roupa de neve é sempre indicada no inverno, porque mesmo que você não vá esquiar, você vai querer brincar na neve, e para que você não se molhe e congele depois, alugue a roupa, a bota, as luvas e o gorro! Em Valle Nevado e Farellones as temperaturas variam entre 0 e -8 graus.

valle-nevado


Tour Santiago: Boa opção para os dias de chuva! Você irá conhecer vários pontos da cidade sem precisar descer do carro e se molhar. Mas em vários outros pontos turísticos você poderá descer para conhecer de perto, como: mirador Sky Costanera, Mercado Central, Centro Cultural Gabriela Mistral, a casa La Chascona de Pablo Neruda, o Centro de Artesanato Santa Lucía, o shopping Parque Arauco, Espaço Cultural La Moneda, entre outros. Então se o dia for mesmo de chuva, aproveite e faça suas compras e conheça os lugares fechados de Santiago, mas não fique preso no hotel!

mercado-central


Valles de Maipo, Casablanca e Colchagua: Conhecer as vinhas no inverno não deixa de ter as suas delícias! As parreiras não estarão repletas de folhas ou cachos de uvas, mas você também poderá fazer o tour entre as plantações e conhecer um pouco mais sobre o cultivo e os tipos de uva de cada região. Se estiver chovendo, o tour acontece somente na parte interna das vinhas, nas bodegas, o que também é muito bacana de se conhecer, o aroma das barricas de vinho é um manjar dos deuses rs. Sem falar na maravilha que é provar em dias frios, bons vinhos tintos harmonizados com queijos e chocolates. Muitas das vinhas tem bons restaurantes com preços até mais acessíveis que os de Santiago, então aproveite o dia para um almoço com vista para as plantações. E no final do passeio, lembre-se de comprar seus vinhos preferidos, afinal nas vinhas é onde você vai encontrar os melhores preços.vinhos-chilenos


 Realizamos passeios privativos e elaboramos roteiros sob medida para brasileiros: contato@feriasnochile.com


 

6 Comentários

  1. Graça

    O Chile é um lugar lindo, pretendo voltar logo.

  2. Moises

    Os passeios são todos muito especiais , os lugares incríveis , e especialmente acompanhados de pessoas profissionais . Gostamos muito e recomendamos .

  3. Rosi

    Fui ano passado e me apaixonei, adorei tudo.Quero voltar novamente.

  4. André

    Ansioso demais pra minha viagem no começo de setembro para conhecer esse lindo país…

  5. Gilson Correa

    Passamos as nossas férias do ano passado lá e já estamos com saudades…a gastronomia do bairro Bellavista é sensacional. A cidade de Santiago é maravilhosa e os Chilenos são amáveis e atenciosos.

  6. Gilson Correa

    Passamos umas férias maravilhosa no Chile….inesquecível!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *