Isabel e Renan


Foi a Isabel quem me procurou no comecinho do ano para fechar um pacote de lua de mel; o casamento só aconteceria em novembro, mas a noiva queria deixar tudo certinho e ter uma preocupação a menos na lista infinita que são os preparativos de uma união, ainda mais quando os noivos moram em estados diferentes: ele em Manaus  e ela em São Paulo. O Renan, como bom noivo, rs, aceitou a escolha da Isabel em conhecer o Chile com a gente, sem restrições, confiou na sua futura esposinha e acredito que não se arrependeu, pois os dias deles dois aqui no Chile foram dias de diversão, lindas paisagens, encantamento e muito, muito amor! Passaram um pequeno susto dois dias antes da viagem, pois a empresa aérea cancelou o voo sem prévio aviso, e o casal só soube do ocorrido no momento de fazer o check-in. Mas, felizmente, conseguiram reverter a situação, depois de um dia todo no telefone na véspera do casamento, imagina a agonia da noiva! Eu daqui mandei uma mensagem por WhatsApp dizendo: fica calma que tudo vai dar certo, até mesmo o que sair do roteiro! E deu tudo certo mesmo, o casamento foi realizado na igreja e uma festa para as pessoas queridas marcou esse início de vida nova a dois. Mal dormiram na noite do casamento, pois viajaram para cá na manhã seguinte. Chegaram a Santiago por volta das 12h30, recebidos por nós no aeroporto com boas vindas e votos de felicidades! Quiseram ir direto para o hotel, escolheram almoçar por lá mesmo e ficaram livres o restante do dia, para descansar e, claro, curtir sozinhos as primeiras horas de casadinhos. Passeios com a gente? Só mesmo no dia seguinte!


lua-de-mel-no-chile-01

Começamos o roteiro escolhido pelo casal com um City Tour pela cidade, passamos primeiro para trocar dinheiro em uma casa de câmbio no centro e, dali mesmo, iniciamos a primeira parte do tour começando pelo Palácio La Moneda, onde puderam assistir a troca de guarda e fazer uma visita ao Centro Cultural La Moneda. Seguimos pelas ruas do centro da cidade e eles puderam conhecer de perto seus costumes e curiosidades, provaram o mote con huesillo, a famosa bebida feita de trigo e pêssego, e se divertiram com o nome do bar que o presidente Clinton precisou usar para ir ao banheiro, em uma visita que fez a Santiago. Passamos pelos pontos turísticos e históricos que Santiago preserva de forma impecável: o Teatro Municipal, a Biblioteca, a Catedral Metropolitana e a Plaza de Armas, entre outros.

lua-de-mel-no-chile-09Os nomes curiosos e as placas foram motivo de muitas risadas e fotos: La Picá de Clinton!

lua-de-mel-no-chile-02No Paseo Ahumada, coração do centro de Santiago, provaram o Mote con Huesillo geladinho!

Fizemos uma parada no Mercado Central para o almoço, onde provaram os peixes Congrio e a Reineta e sucos de frutas típicas da época, de chimiroya e framboesa. Ali, de frente ao Mercado, puderam ver a Estação Mapocho e o Mercado Tirso de Molina, lugares interessantes para se conhecer com mais tempo.

Depois, seguimos com a segunda parte do tour, caminhando pelo Parque Forestal até chegar ao Museu de Bellas Artes, passamos pelo Centro Cultural Gabriela Mistral e fizemos um breve passeio pelo bairro Lastarria, para que eles conhecessem e voltassem com mais tempo em outro dia. Na Fonte Neptuno do Cerro Santa Lúcia fizeram um pedido, que eu de coração desejo que se realize!

lua-de-mel-no-chile-03E para as pessoas queridas, não deixaram de fazer algumas comprinhas de lembrancinhas!

lua-de-mel-no-chile-04Na fonte Neptuno, pedido feito! Agora é só esperar se realizar!


O segundo dia de passeio começou com um tour pelas plantações da vinha Emiliana e uma degustação de vinhos que deixou o casal ainda mais alegrinho, rs.

lua-de-mel-no-chile-05Tour pelas plantações que já estão com suas parreiras cheias de folhas!

lua-de-mel-no-chile-06Momento bom da degustação de vinhos: dois brancos e dois tintos!

Dali, seguimos para Viña del Mar, onde fizemos uma parada no Relógio de Flores, cartão postal da cidade, e em seguida em um restaurante onde almoçaram com uma vista linda para o Pacífico. Depois do almoço, fizemos um passeio panorâmico por Viña e seus encantos, tiveram tempo de caminhar pela praia e curtirem um momento a dois. Mas, como de pacífico esse mar não tem nada, o Renan levou um “caldo”, o que rendeu muitas risadas e quebrou o clima romântico. Pena que não consegui registrar a cena, rs.

lua-de-mel-no-chile-08Azul da cor do mar!

lua-de-mel-no-chile-07Ah o amor!

Depois do “caldo”, seguimos rumo a Valparaíso e fizemos a primeira parada na casa do poeta chileno Pablo Neruda, onde o casal apenas conheceu a casa por fora e seu quintal, cravado em um dos morros de Valpo.

Depois de Neruda, fizemos uma parada no Cerro Concepción, onde puderam tomar um café gelado que mais parecia um milk shake, fizeram comprinhas e passearam pelas ruas e escadas dessa cidade que cheira a arte e maresia.

lua-de-mel-no-chile-14Desde 1990, a casa La Sebastiana passou a fazer parte da Fundação Pablo Neruda.

lua-de-mel-no-chile-15A arte simples, colorida e alegre que marca Valparaíso!

lua-de-mel-no-chile-16Era para ser só um café gelado, mais veio um milk shake, rs.

O passeio terminou com uma parada no Faro Punta Ángeles, um mirante de onde se tem uma vista maravilhosa do Pacífico, e ali eles se despediram de Valpo!


O terceiro dia de passeio foi por entre as montanhas da Cordilheira dos Andes. O dia estava nublado, mas eu, em particular, acho incríveis as infinitas formações de nuvens que se formam, se misturam com as montanhas e vão mudando a cada instante. A primeira parada foi em um mirador já a 1.800 metros de altitude!

lua-de-mel-no-chile-18As bandeiras do Brasil, Chile e Argentina dando as boas vindas a tantos turistas que passam por aqui diariamente!

lua-de-mel-no-chile-19Momento demorado a dois entre montanhas, nuvens e desejos de uma vida de amor e harmonia.

O tempo foi fechando cada vez mais, chegou a chover e depois vimos nas notícias que à noite nevou, em pleno mês de novembro. Assim é a cordilheira: um tanto imprevisível! Buscamos e encontramos um abrigo para fazer o nosso piquenique, afinal, a fome já tinha chegado e o frio também, era o momento de tomar um vinhozinho para esquentar o corpo e alma. O Renan não me deu ouvidos, pois eu tinha dito na noite anterior: “o clima na Cordilheira é imprevisível, levem um casaco”… Mas ele que sente frio só no pescoço, segundo ele mesmo, foi de bermuda e uma garrafa de vinho foi pouco para esquentar a nós todos, rs. Mesmo assim, o momento foi perfeito, de boa conversa, boas risadas e a paisagem sempre exuberante e tão próxima das montanhas.

lua-de-mel-no-chile-20Essa foto tirei antes da garrafa esvaziar e o que veio depois preferi não postar, mas o Renan secou ela tomando no gargalo mesmo, rs.


Quarto dia de lua de mel e o roteiro escolhido: Vinhos e Litoral.  A caminho de Isla Negra, na província de Talagante, se encontra a vinha Undurraga, com uma paisagem lindíssima de jardins coloridos por hortênsias agora na primavera, um guia que leva seu tour de forma bem divertida e claro, bons vinhos.  Então por que não fazer essa parada deliciosa!?

lua-de-mel-no-chile-21

lua-de-mel-no-chile-23Um brinde a vida e aos bons momentos que só estão começando!

Depois de algumas taças provadas e comprinhas feitas, seguimos pela Ruta 78, estrada que leva ao Litoral dos Poetas e chegamos até a Casa/Museu de Pablo Neruda com tempo para o almoço, um tour por dentro da casa e passeio pela praia. Dia de céu azul feito pintura, flores espalhadas pelos jardins, o som das ondas indo e vindo e um sorriso que mostrava a felicidade dos dois. Foi nesse cenário perfeito que a Isabel e o Renan almoçaram.

lua-de-mel-no-chile-24Restaurante El Rincon del Poeta, no quintal da casa de Neruda.

lua-de-mel-no-chile-25Dizem que os sinos eram para anunciar a chegada de Neruda e Matilde na casa, onde eles viveram momentos de cumplicidade e inspiração para o poeta.

lua-de-mel-no-chile-10Apreciando a mesma vista que tantas vezes Pablo e Matilde apreciaram em vida, e hoje ali seus corpos descansam juntos.

Depois do almoço, fizeram o tour e conheceram um pouco mais sobre um dos poetas mais importantes da literatura mundial, um homem que acumulou objetos, sonhos, paixões, poesias e um prêmio Nobel de literatura em 1971. Após o tour, caminharam até a praia e ali passaram um tempo sozinhos, entre ondas e gaivotas e o céu que continuava azul feito pintura.

Na volta, ainda deu tempo de fazer uma parada na praia de El Canelo, em Algarrobo, passear pelo bosque, molhar os pés pela última vez no Pacífico e ali se despedir dizendo um até breve.


Vinhos e Montanhas foi o roteiro escolhido pelo casal para o último dia de passeio e começamos com uma parada na vinha Concha y Toro, onde eles fizeram um tour pelas plantações e mais uma bem-vinda degustação.

lua-de-mel-no-chile-27Don Melchor, Isabel e Renan!

lua-de-mel-no-chile-28Jardim da vinha, um dos mais bonitos em qualquer estação do ano.

O dia só estava começando e seguimos para Cajón del Maipo, a ideia era fazer a primeira parada para comer empanadas em uma das picás que costumamos parar, afinal a fome já estava chegando. Mas, assim como o clima, o comércio da pré cordilheira também é instável e não encontramos quase nada aberto, tivemos que voltar até San José para encontrar um restaurante aberto na praça principal da cidade. Aproveitaram o cardápio mais variado e provaram o Pastel de Choclo, que não é um pastel de chocolate, rs, e sim um prato típico chileno a base de carne moída, ovo, azeitonas e cebola, coberto com um creme de milho e servido em uma cumbuca de barro, assim como um escondidinho. O dia estava quente, eles pediram refri para acompanhar e eu uma cerveja para refrescar!

lua-de-mel-no-chile-11

Depois do almoço, fizeram um passeio pela praça da cidade e aí então seguimos rumo as montanhas, onde fizemos algumas paradas como no Vulcão San José. Chegamos até as termas de Baños Colina, mas o vento gelado desanimou o casal a mergulharem nas águas termais e apenas contemplaram a paisagem de tirar o fôlego. Na volta, paramos no vilarejo de  Baños Morales e eles puderam confirmar que a água das piscinas é da mesma cor da fanta que eles tomaram no almoço, a cor se deve aos variados minerais com efeitos medicinais que a água possui, assim como: sódio, zinco, potássio, cálcio, iodo, magnésio, entre outros.

lua-de-mel-no-chile-29

lua-de-mel-no-chile-12Uma placa como essa a gente não encontra aí no Brasil, e que bom!

Faltou fazer umas duas paradas, mas o tempo estava curto, o casal ainda tinha um jantar romântico no restaurante Como Água para Chocolate, e a gente não queria que eles perdessem esse momento de jeito nenhum, então seguimos para Santiago o mais rápido que foi possível, mas, assim como o clima e o comércio local da pré-cordilheira, o trânsito na cidade também é imprevisível, principalmente quando se tem manifestações, o que é bem comum aqui. E sim: quando chegamos tinha uma nos esperando, dos taxistas, a mesma da qual conseguimos fugir pela manhã. O jeito foi deixá-los bem próximos do hotel para irem caminhando menos de meio quarteirão, o que de carro demoraria mais uma meia hora. Felizmente não perderam a reserva e curtiram a última noite de lua de mel em grande estilo: provaram a famosa centolla no restaurante mais afrodisíaco do Chile.


Isabel e Renan, agradecemos a confiança e escolha em conhecer o Chile com a gente!  Vivemos com vocês as primeiras horas, os primeiros dias, a primeira semana do resto da vida de vocês, e sinceramente eu me sinto privilegiada por poder participar desse momento tão especial e agradeço de coração!

No dia seguinte da volta de vocês, o Mauricio comentou pela manhã: puxa, não temos o casal feliz para levar para passear hoje, pena, o dia vai ser mais vazio!

lua-de-mel-no-chile-35

Bete Veingartner | Novembro 2016


Se você também quer ter uma experiência linda e única na sua lua de mel, entre em contato com a gente através do email: contato@feriasnochile.com

Nos informe o período da sua viagem, que enviamos sem compromisso um roteiro com preços e mais informações de como trabalhamos.


Veja todas as fotos do álbum!


2 Comentários

  1. Isabel

    Bete e Maurício agradecemos muito pela semana maravilhosa em que passamos no Chile.

    Desde quando decidimos pensar em lua de mel escolhemos o Chile. E a ideia de irmos sozinhos sem conhecer nada e ninguém ainda mais p uma viagem de lua de mel nos assustava um pouco pelo fato das coisas darem errado. Foi aí que comecei a procurar tudo sobre o Chile no Google e enfim achei vocês!! E que sorte a nossa ter os encontrado. Você nos passou confiança desde o começo. Sempre muito atenciosa, respondendo nossas dúvidas e nos deixando tranquilos.
    Nos deu a oportunidade de ótimos passeios com segurança qualidade e bom gosto.

    Foram dias maravilhosos e que estarão para sempre guardados em nossa memória e em nosso coração.

    Você e o seu marido fazem um belo trabalho. Adoramos conhecer toda a beleza e o encanto do Chile com vocês.

    Quando retornamos ao Brasil todos ficaram encantados com as fotos, com a descrição dos lugares e o acolhimento de vocês e estão doidos para conhecer o Chile.
    E com certeza será com o Férias No Chile.

    Desejamos de coração que vocês continuem tendo muito amor pelo que fazem é muito sucesso!!

    Vocês foram um grande acerto para que a nossa lua de mel fosse inesquecível!!

    Um beijo e um forte abraço
    Isabel e Renan

  2. Denize

    Que delícia rever estes lugares. Já estive por três vezes no Chile, Santiago, Vina del Mar, Valparaíso, que adoro, as casas de Pablo Neruda, ruas de Santiago, interior Quipue, cidade de clima medicinal, bem.pertinho de Vina del Mar… Cordilheira…Nossa, viajei com vocês e conheci alguns cantinhos que ainda não tive tempo para visitar. Em minha próxima viagem ao Chile, com certeza entrarei em contato com vocês, e teremos alguns passeios juntas, com certeza. Valeu por minhas lembranças. Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *